Guenny Pires, fundador da Txan Film, é uma das principais referências do cinema cabo-verdiano. Reside há 12 anos em Los Angeles (Estados Unidos da América), mas a sua filmografia, independentemente do género, mostra sempre o Cabo Verde que existe dentro e fora do arquipélago, como em “Contrato”, distinguido várias vezes, nomeadamente no Festival de Roxbury. Neste momento filma “O Último Desejo do Vulcão”, uma película de 87 minutos que frisa a importância de cada um preservar o legado cultural que herda dos seus ancestrais. Cenário principal desta obra de ficção: Chã das Caldeiras, no Fogo, sua ilha natal.